Assis

Viagens outubro 13, 2016

Assis é a cidade natal de São Francisco de Assis e Santa Clara, aonde fundaram a ordem dos Franciscanos e das Clarissas. Eu já estive em Assis no ano passado, quando vim a Itália pela primeira vez. Mas dessa vez foi muito mais especial e emocionante. Tive o privilégio de ter como guia um colega do curso de italiano que é também um franciscano. Conhecer Assis ouvindo todas as histórias de como tudo aconteceu foi sem dúvida nenhuma inesquecível. Eu acredito que para mim, nascida e criada na religião católica tenha sido mais tocante do que para outros. Mas não falo por religião. Assis é daqueles lugares que sentimos a presença de Deus no nosso íntimo.

 

img_4536

Entrada da Capela de São Damião

 

Nós fomos a Assis por um motivo. Acontecia o retorno do crucifixo de São Damião à sua casa, a capela de São Damião, 800 anos depois por apenas 5 dias. {O crucifixo de São Damião original, foi levado para a Basílica de Santa Clara pelas Clarissas em aproximadamente 1257. E desde então permaneceu sob a tutela das irmãs Clarissas}. É indescritível tamanha emoção que foi participar de um acontecimento dessa grandeza. Tinha gente do mundo inteiro só para presenciar a estada do crucifixo ao seu lugar de origem. Passamos o dia lá. Assis fica a 30 minutos de Perugia de trem. Visitamos a capela de São Damião, Basília de Santa Clara e Basílica de São Francisco. {Que é patrimônio mundial, pela UNESCO}.

 

img_calendario1

Crucifixo de São Damião

 

Em torno do crucifixo original existem muitas crenças religiosas. De modos diferentes de enxergar a obra à milagres operados por ele. Hoje existem várias réplicas, mas em nenhuma é possível enxergar os detalhes que o pintor umbro, até hoje desconhecido destaca em sua obra.

 

img_4576

Basílica de São Francisco de Assis

img_4564

Basílica de Santa Clara

 

img_4567

Se você tiver a oportunidade, não deixe de conhecer Assis. Tenho certeza que será uma experiência incrível. Não só religiosa, mas humana. Além de uma aula de história, com muita arte.

Arrivederci.

3 Comentários
Escrito Por maria lucaroni

Perugia, aonde é isso menina!?

Lifestyle outubro 13, 2016

Calma aí, que já explico! Essa é a reação mais frequente desde que me mudei para a Itália. Vou fazer um resuminho breve e aos poucos vamos conhecendo e desvendando Perugia juntos.

 

img_4926

 

A divisão geográfica aqui é um pouco diferente da que estamos acostumados no Brasil, e consiste em Província, Comune e Paese. Perugia está localizada na região central da Itália. E a cidade “Paese” Perugia é a capital da Provincia Perugia, que também é a capital da região da Umbria. {É como se fosse SP e RJ, cidade e estado} Uma Provincia é constituída de várias cidades. Mas que respondem a capital e fazem parte da Comune. Atualmente a Comune possui cerca de 166 mil habitantes. Eu moro em Villa Pitignano, um “Paesino” que é comune de Perugia, e fica a 20 minutos do centro. {Para entender melhor: é como se Perugia fosse a cidade, e Villa Pitignano um bairro um pouquinho afastado. Foi assim que consegui entender.} Diferente né?!

 

img_4495

 

Processed with Snapseed.

 

Perugia é uma cidade histórica, formada em meados do século VI a.C. com influência Etrusca. {Os etruscos eram um aglomerado de povos que viveram na península Itálica na região a sul do rio Arno e a norte do Tibre.} O centro histórico é cercado por muralhas e composto por muitos monumentos, galerias e afrescos de antes, durante e depois de Cristo. É uma verdadeira aula de história a céu aberto. Acompanhada de muitas escadarias, subidas e descidas. O centro histórico fica a 450m acima do nível do mar e dá-lhe panturrilha e preparo físico. Mas vale a pena. O panorama é maravilhoso. Tanto de dia, quanto a noite. Dá para ficar horas e horas contemplando. E comendo e bebendo em algum bar ou restaurante com vista. Isso é Itália. Comilanças e mais comilanças. O termo “viver para comer” é real e oficial por aqui.

 

Processed with Snapseed.

 

Por mais que seja desconhecida por muitos, Perugia recebe muitos turistas o ano todo e de todas as partes do mundo. Mas os mais encontrados, são americanos e asiáticos. Além de ser uma cidade turística é um polo universitário, abriga a Universidade de Perugia e Universidade para estrangeiros de Perugia. Não é muito difícil ver pessoas andando com malas, chegando e indo embora.

 

img_5056

 

Processed with Snapseed.

 

img_5192

 

Bom, isso é um pouco do que é Perugia. Aos poucos vou apresentando mais dessa cidade que tem tanto a nos mostrar e ensinar.

Arrivederci!

 

4 Comentários
Escrito Por maria lucaroni

FLUTUAR

Arte outubro 10, 2016

mulher-boiando-2-thumb-800x800-117245

Flutuar v.i. Ficar em equilíbrio à superfície de um líquido. Esvoaçar ondulando: seus longos cabelos flutuavam ao vento. Estar indeciso; flutuar entre a esperança e o temor.

Você já se permitiu flutuar? Fechar os olhos e deixar que as ondas do mar te levem? Mergulhar dentro de si mesmo e si ouvir. Ouvir o barulho do mar e do vento, e parecer que não existe mais nada entre vocês. Só você, o céu e o mar. Ouvir a sua respiração e o bater do coração. E aí sim, ter a certeza que não existe mais nada. Só você, o céu e o mar. Ouvir o que o seu coração tem a te dizer. Se deixar levar. Se permitir. Se amar. Se libertar. É maravilhoso. Temer a próxima onda sem saber se ela irá te manter ou afundar. A vida é assim. Como as ondas do mar. Um dia calmaria, noutro tempestade. Quem os define é você. Se em meio a uma tempestade, vai se debater ou mergulhar dentro de si e procurar uma solução. Crescer. Amadurecer. Se em um dia ensolarado de calmaria, vai procurar a tempestade. Seja leve. Flutue. Se deixe levar. Se permita. Se ame. Se liberte. É maravilhoso.

18 Comentários
Escrito Por maria lucaroni
Instagram
Back to top arrow Subir